Estudo indica como se prevenir da depressão

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a depressão é uma doença séria, em que o paciente não consegue manter balanceadas no cérebro as substâncias que garantem o funcionamento saudável da mente. Determinadas ações e hábitos podem evitar a depressão, como, por exemplo, fazer o bem.

Em um estudo realizado com adolescentes entre 15 e 16 anos, foi constatado que aqueles que participavam de atividades envolvendo cooperação e solidariedade tinha um risco menor de desenvolver a doença.

A área do cérebro conhecida como corpo estriado ventral é a responsável por lidar com sensações de prazer causadas pela recompensa. Usando um scanner, pesquisadores mediram a atividade nesta porção do cérebro em adolescentes, que participaram de três tipos de atividades envolvendo dinheiro pelo período de um ano: o primeiro grupo doou a quantia, enquanto que o segundo fez decisões de investimento para conseguir mais dinheiro e o terceiro simplesmente ficou com a quantia.

Corpo Estriado Ventral. Foto: © Science Mag

Indícios de depressão também foram testados no início e ao final do teste. Os pesquisadores descobriram, ao fim do estudo, que o corpo estriado ventral respondeu de forma diferente a cada um dos três padrões e o grupo que doou o dinheiro foi o que menos apresentou sintomas depressivos.

Elva Telzer. Foto: © L. Brian Stauffer

De acordo com Elva Telzer, psicóloga da Universidade de Illionis, nos EUA, “Se são mostrados níveis mais altos na ativação de recompensa do corpo estriado ventral no grupo de investimento, os sintomas depressivos aumentam com o tempo. E se são mostrados níveis maiores de ativação de recompensa no grupo que foi solidário, é mostrado também uma queda na depressão“, afirmou a responsável pelo estudo.

Fonte: Hypeness

Deixe uma resposta