Você sabe o que é Quiropraxia?

Quem nunca sentiu dores nas costas ou nas articulações? Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% das pessoas no mundo já tiveram, tem ou terão dores nas costas. Para esse tipo de incômodo há uma especialidade na área da saúde, que cuida de forma específica esse tipo de lesão, a Quiropraxia, uma medicina alternativa.

A Quiropraxia é uma profissão na área da saúde, que surgiu no século 19, nos Estados Unidos e que se dedica ao diagnóstico, tratamento – sem uso de medicamentos e procedimentos cirúrgicos- e a prevenção do sistema neuro-músculo-esquelético – coluna vertebral, articulações, músculos, tendões, nervos -, e dos seus efeitos na saúde em geral.

Os principais problemas tratados pela quiropraxia são dores na coluna lombar, hérnia de disco e dor ciática, dores no pescoço, dores de cabeça, dores e tensão muscular, problemas nas articulações do ombro, cotovelo, punho, joelho, tornozelo e restrições a movimentações.

O diagnóstico de alguma lesão é feito após uma entrevista e exame clínico minucioso, que inclui análise postural, a realização de teste ortopédicos e neurológico, além de palpação cuidadosa de articulações, músculos e outras estruturas afetadas. Caso sejam necessários exames complementares como Raio-X, Tomografia e Ressonância Magnética serão solicitados.

Causas
As principais causas dos problemas tratados são movimentos repetitivos, má postura, sedentarismo e atividades comuns do dia a dia. Todas essas causas são chamadas de disfunção articular ou complexo de subluxação vertebral. Com o tempo, estas alterações podem afetar as vértebras, músculos e a função do nervo que passa entre as vértebras, além de poder levar a alterações degenerativas como a osteoartrose, por exemplo.

Tratamento
O tratamento é feito logo após o diagnóstico, então é realizado um plano de tratamento apropriado para cada condição com o objetivo de corrigir e previnir problemas articulares. Existe diversas técnicas manuais que foram desenvolvidas para restaurar a movimentação articular, como o Trigger Point (ou “pontos de gatilhos”) ou o ajustamento indolor das vértebras. A prática das técnicas resulta em relaxamento muscular, aumento da mobilidade e restauração da função articular.

Pessoas de todas as idades podem fazer tratamento com um quiropraxista, desde um recém-nascido até idosos. Como todo método terapêutico, os tratamentos realizados pelos quiropraxistas têm indicações e contra-indicações precisas. A prevenção é fundamental no tratamento e ter uma rotina de atividades é crucial para pessoas com dores e problemas de coluna evitem lesões. Durante o tratamento, serão dadas orientações para exercícios específicos e de reabilitação, assim como instruções para corrigir e manter uma boa postura.

Dica: Para ser um quiropraxista, é necessário submeter-se a uma formação de nível superior com duração entre quatro anos e meio a seis anos (5000 horas). O currículo exige conhecimento em ciências biomédicas, métodos diagnósticos e prática clínica. Ao procurar um profissional certifique-se que ele possui formação compatível com os padrões exigidos internacionalmente.

Fonte: Quiropraxia.org.br

Deixe uma resposta